terça-feira, 27 de outubro de 2009

O traje típico da Baiana

Penca de balangandãs em prata com 24 elementos e corrente. Bahia, séc. XIX. turbante e bata rendada bata rendada Penca de balangandãs desmontada. Bahia, séc. XIX. Uma crioula da Bahia. J. Melo editor. Fotografia (cartão postal), 1904-1915
É preciso ser baiana para saber usar uma roupa assim! Quanta pompa no andar dengoso e cadenciado... As “baianas” atuais descendentes de africanos (das nações ioruba, nagô, mina, fula, haussá) são as que mais se esmeram no trajar. As nagô, cuja presença maior se nota nos candomblés, são baixas e gordas. Usam cores vivas, berrantes. Saia ampla toda estampada. A baiana-mulçumana (do Sudão da África), alta e esguia, usa o traje branco imaculado. Às vezes, no ombro um “pano da Costa” preto (pano vindo da Costa da África). O traje típico é assim: saia rodada, com muitas anáguas rendadas, engomadas. Bata (blusa de rendas) solta. Pano da Costa, como um xale, sobre o ombro ou turbante. Chinelas ou sapatos de salto baixo. E o que mais? Muitos e muitos enfeites: pulseiras, brincos de ouro, prata, coral. Algumas nos dias de festa, usam uma penca de balangandãs na cintura. Imagine tudo isso e ainda todo o encanto que a baiana tem...

desenhos de Ivan Wasth Rodrigues

3 comentários:

  1. Lindo, adorei.
    Estenda sua pesquisa, precisamos conhecer nossa gente, nossos costumes,é a nossa história.
    Música muito bem escolhida.

    ResponderExcluir
  2. Lindo amei e postei no Orkut e Google+. Gosto de preservar a Nossa Memória

    ResponderExcluir
  3. linda amei essa postagem merece a maior nota: 10,0

    ResponderExcluir