domingo, 25 de outubro de 2009

A Arte Africana e o Cubismo de Picasso

Observem como a imagem criada por Pablo Picasso, nesse auto-retrato, e no quadro Les demoiselles d'Avignon abaixo, o artista revela toda a influência da arte africana sobre o seu trabalho. Observe também nas cores a predominância dos tons terrosos tais como encontrados nas máscaras expostas acima. À presença do traço geométrico e dos espaços delimitados por linhas pretas (aspecto que lembra muito a pintura japonesa) pode ser somada uma crescente utilização das cores vivas que o norte da África sugere. Picasso, Le Corbusier ou os impressionistas, toda a arte pictórica européia sentiu, em maior ou menor grau, o impacto da luz e da vida cultural africana. Que seria da arte ocidental sem a a África?



A criatividade e o imaginário das culturas africanas possuem um forte impacto visual e decorativo, influenciando profundamente algumas correntes da arte contemporânea, tanto no Brasil quanto no Exterior.por exemplo o Cubismo, que teve Picasso como seu grande expoente , e outros artistas, como Braque, Cézanne e Matisse, beberam dessa fonte, experimentando em seus trabalhos inovações estilísticas que inauguraram outras formas de abordagem e novos caminhos para a arte do ocidente. Compreender essa influência é reconhecer a contribuição da arte africana para a criação e o desenvolvimento de novas formas artísticas. A arte africana, resultado de uma grande influência de etnias e culturas presentes naquele continente, caracteriza-se por ser totalmente funcional, ou seja, voltada para a utilização do objeto. Por isso, na África o conceito de arte pela arte é praticamente inexistente. Todo objeto tem uso prático. Complexa e variada, a arte africana também é bastante ritualística. “Muitas das máscaras representam antepassados do clã e, por isso, são objetos de orgulho da família. Numa cerimônia aos ancestrais, um dançarino, usuário da máscara, entra em transe profundo. Durante esse estado sua mente se comunica com os antepassados, trazendo deles mensagens de sabedoria. Tais cerimônias podem durar horas ou dias e são sempre acompanhadas de muita dança e músicas tradicionais africanas”.As máscaras, por exemplo, representavam para os africanos um disfarce que permitia a incorporação de espíritos e também a aquisição de forças mágicas e místicas, utilizadas em benefício da comunidade para a cura de doentes, em rituais fúnebres etc.

6 comentários:

  1. muito legal as imagens
    adorei!!!!

    ResponderExcluir
  2. legal copie tudim valeu seus chatos treavaaaaaa!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada por me ajudar com meu trabalho. Realmente a cultura africana e algo de encher os olhos. Alexa Jolly♥

    ResponderExcluir
  4. gostaria de saber qual museu, lugar em que se encontram a arte africana da qual picasso parece ter se inspirado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A cerimônia de abertura será realizada nesta terça-feira (20), mas visitação às obras está aberta desde o último dia 13 de novembro e seguirá até o dia 16 de dezembro, no salão branco da Câmara dos Deputados, em Brasília.

      Excluir