sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Moda Afro descendente aproxima Salvador da Martinica :Olhares sobre a Moda Créole


Uma exposição focada na cultura e no cotidiano dos habitantes da cidade de Le Lamentin, na Ilha da Martinica, colônia francesa localizada no Caribe, e um desfile de moda reunindo estilistas e designers de Salvador e da cidade martinicana marcaram a última quinta-feira dia 12 , o início do intercâmbio político, social e econômico envolvendo as prefeituras de Salvador e de Le Lamentin, promovido pela Assessoria Municipal de Relações Internacionais. A abertura solene ocorreu no final da tarde, no Centro Cultural da Câmara de Vereadores e foi seguida do desfile, na Praça Thomé de Souza, com apresentação das coleções dos estilistas e designers das duas cidades e encerrado com a apresentação da Banda Cortejo Afro.
O projeto, batizado de Olhares sobre a Moda Créole, busca aproximar as similaridades culturais, históricas e sociológicas entre a Bahia, o Brasil e a Martinica, cuja presença francesa e africana se confunde, e resultou de uma visita da delegação da cidade de Le Lamentin à Prefeitura de Salvador, em abril deste ano, quando foi discutido o estabelecimento de uma parceria entre as duas cidades.
O estreitamento das relações de Salvador com a cidade martinicana, segundo Leonel Leal, chefe de gabinete, que representou o prefeito João Henrique no evento, visa celebrar um triplo compromisso que a Prefeitura de Salvador tem com a capital baiana e seus habitantes. Além de valorizar as origens históricas da cultura baiana, que se mistura às tradições africanas, celebra o ano da França no Brasil e, também busca novas alternativas para o desenvolvimento econômico e cultural, desenvolvendo uma indústria criativa e não-poluente.
"As relações entre Salvador e Martinica não terminam com este evento, ao contrário, reforçam a produção cultural da moda com forte apelo às nossas origens, na medida em que cria espaço para estilistas e modelos locais", destacou Leal.
Localizada no centro da Ilha da Martinica, sob dependência da República Francesa, Lamentin apresenta características comuns às da capital baiana, a exemplo da forte presença da cultura afro. Trata-se da segunda cidade do departamento francês ultramarino e faz parte da região metropolitana de Fort-de-France, a capital da Ilha.. A Ilha de Martinica tem 1.774 quilômetros quadrados localizados nas Pequenas Antilhas, com 80 quilômetros de extensão e 39 quilômetros de largura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário